A evolução dos modelos de sourcing na gestão dos SI atende a três requisitos principais: otimização de custos, coordenação da transformação digital e respeito pelo time-to-market.

Para responder a estes desafios, a Gfi está empenhada em gerar ganhos de produtividade nos serviços prestados, desenvolver modelos de sourcing com níveis de compromisso, industrializar o processo de TI de desenvolvimento e externalização de determinados tipos de serviços para centros de serviços partilhados (França, Portugal, Espanha, Polónia, Marrocos e Índia). Estas medidas permitem que a empresa se concentre no seu negócio, melhorando o serviço prestado ao utilizador final. A chave para o sucesso: a qualidade do parceiro tecnológico.

Um processo industrial inovador e controlado

O nosso domínio do desempenho económico e da gestão operacional é reforçado por uma estrutura de acompanhamento e controlo contratual e do risco associado de acordo com o desafio de cada projeto. Além disso, o nosso processo de melhoria contínua, iniciado na fase de arranque e implementado em todas as fases do processo de transformação, é reforçado com a partilha de melhores práticas e apoiado pela experiência e conhecimentos que detemos do setor de atividade do nosso cliente. O principal objetivo é aumentar a competitividade, incorporando as características específicas do setor.

Qual é o nosso método de trabalho? Nós recorremos a métodos adaptados aos diferentes contextos e especificidades industriais, apoiados por metodologias ágeis. Além disso, a profissionalização das nossas equipas, a nossa flexibilidade e a certificação dos nossos recursos garantem o melhor nível de competências ao longo do projeto. Finalmente, a nossa capacidade de propor uma abordagem de parceria para completos programas de outsourcing facilita a transformação do processo global de gestão dos Sistemas de Informação.

Otimizar a competitividade dos nossos clientes

A inovação industrial da Gfi é orientada ao setor de atuação, garantindo a competitividade dos nossos clientes. Esta inovação baseia-se na nossa experiência e em estruturas especializadas:

  • Uma área dedicada ao trabalho industrial, que abrange todas as fases de um projeto, desde o âmbito ao seu desenvolvimento, e que está organizado em modelos verticais tecnológicos: mainframe, NTIC, BI e integração, Testing, Infraestrutura e outsourcing.
  • A otimização das atividades de prestação do serviço, automatizando algumas etapas do desenvolvimento e testing: mapeamento, gestão do suporte aplicational, conversão de linguagens, migração de dados, testes extensivos por cenário e testes de não-regressão.
  • Gestão de todo o ciclo de vida do produto, numa abordagem DevOps: metodologias Agile, Scrum ou Kanban, estimativas por pontos de função, indicadores de desempenho, comunidades e plataformas de integração contínua.
  • Acompanhamento sistemático de questões de segurança e qualidade: plano de segurança do projeto para assegurar os desenvolvimentos e infraestruturas, certificação ISO 27001, etc.
  • Disponibilização de centros de competência Mobile para projetos digitais, de mobilidade e IoT.

Números-chave

  • Mais de 150 serviços de manutenção aplicacional ativos e mais de 100 transições bem-sucedidas

Palavras-ChaveSiapplication servicesIndustrialização

Partilhar