As operações de TI deste cliente e, em particular, o suporte à produção, devem garantir a qualidade do desempenho das aplicações de negócio, algumas das quais para gestão de processos críticos. O objetivo era melhorar o desempenho operacional através da industrialização, racionalização e otimização dos serviços, garantindo um melhor desempenho económico.

95% de autonomia garantida e 50% de redução do número de incidentes

A Gfi propôs a criação de um centro de serviços apoiado na experiência de uma equipa de administradores seniores, certificados nas diversas tecnologias, que suportam um portfólio de 1350 aplicações de negócios.Este centro de serviços permitia assegurar a redução, para metade, do número de incidentes e garantir, de forma totalmente autónoma, a resolução de 95% dos incidentes atuais. O nosso objetivo era promover a melhoria contínua do serviço visando a produtividade a longo do tempo. 

Reduzir custos aumentando as competências

O processo de redução de custos depende, em particular, da capacidade de segregação: realização de ações simples em modo industrial, administração avançada de ações complexas e controlo da atividade em tempo real. Além disso, reduzimos o número de pessoas necessárias para a realização de tarefas de suporte, diminuindo os custos associados às atividades, mas aumentando as competências paralelas de cada um dos elementos da equipa. Ou seja, mais competências concentradas num menor número de pessoas. Um serviço acompanhado por um catálogo de pedidos simples, altamente industrializados.

Redução em 30% dos custos operacionais

A redução efetiva dos custos não é o único benefício. O nosso sistema garantirá, dentro de 12 meses, 70% de autonomia (contra os 35% atuais), sendo a  coordenação do serviço efetuada num modelo nearshore.

Além disso, durante o período de 12 meses, o cliente poderá fornecer os seus serviços com uma autonomia de 95% (contra os 65% atuais).

Âmbito do Projeto

O projeto inclui as 1350 aplicações disponíveis nos sistemas de informação do cliente e toda a sua infraestrutura, que engloba 6000 servidores Linux, 3000 servidores Unix e 10000 servidores Windows.

"A implementação de um suporte unificado à produção foi um dos principais desafios do projeto", afirma o cliente.

Palavras-ChaveOutsourcingTransportesIndustrializaçãoracionalizaçãootimização

Partilhar